Chanmi:

Jimin:

Mina:

Hyejeong:

Yuna:

Seolhyun:

Sem Comentários 02/04/2018 Posted by: admin Videos

Sem Comentários 02/04/2018 Posted by: admin Videos


 
Seolhyun foi escolhida para ser modelo da marca ‘Dashing Diva’ pelo 2º ano consecutivo.
 
No dia 02 de Abril, a marca lançou novas imagens da Seolhyun junto com a novidade da renovação de contrato com a modelo. Um representante da FNC comentou: “A variedade de estilos e cores de unhas e esmaltes da marca também mostra os diferentes charmes da Seolhyun.”
 
Seolhyun é atualmente modelo de diversas marcas, incluindo bebida alcóolica, lentes, seguros, cosméticos, shampoo, esmalte, cuidados com a pele, roupa e macarrão instantâneo.
 
 
cr: tenasia+AOABR (Por favor, não retirar sem os devidos créditos)

Sem Comentários 02/04/2018 Posted by: admin Informações,Line

Sem Comentários 01/04/2018 Posted by: admin Instagram,Videos

Parte 1

Parte 2

Sem Comentários 01/04/2018 Posted by: admin Projetos,Summit,Videos


 
AOA foi selecionado como novas modelos do jogo para celular “Piratas do Caribe – Marés da Guerra”. AOA e JoyCity irão realizar diferentes tipos de promoções para o jogo e irão mostrar varias artrações.
 
Todas as 6 integrantes irão aparecer no comercial do jogo. A FNC informou: “É esperado que a grandiosa e poderosa imagem do AOA expresse as características do jogo de guerra de uma maneira atrativa e efetiva, contribuindo para o aumento do reconhecimento do jogo.”
 
O dono da empresa JoyCity comentou: “A empresa escolheu o AOA como modelos promocionais já que elas tem uma variedade de charmes de inocente até uma forte presença. Estamos planejando realizar diferentes atividades, então assim os jogadores, junto com o AOA, podem experienciar um mundo de piratas.”
 
 
cr: tenasia + AOABR (Por favor, não retirar sem os devidos créditos)

Sem Comentários 28/03/2018 Posted by: admin News

Sem Comentários 27/03/2018 Posted by: admin Videos


 
P: Assim que você voltou da semana de modas de Milão, você foi assistir a final de curling feminina, certo?
S:
Eu sou embaixadora das Olimpiadas de Inverno de Pyeongchang, mas eu não consegui assistir aos jogos porque eu tinha compromissos em outro país. Assim que eu voltei, eu fui para Pyeongchang. Foi exatamente no dia das finais de curling.
 
P: Como você se sentiu vendo o jogo?
S:
Foi incrível assistir a uma olimpiada bem diante dos meus olhos. Será que vou ter outra experiência como essa antes de morrer? Além de tudo, o motivo por eu acreditar que as atletas do curling feminino da Coreia foram incríveis é porque elas foram capazes de aproveitar o jogo enquanto estavam concentradas. Elas pareciam bem felizes. É incrível o modo que elas colocaram de lado a pressão e aproveitaram o jogo mesmo com muita atenção.
 
P: E a Seolhyun? Você está aproveitando seu trabalho?
S:
Eu acho que agora eu quero ser capaz de aproveitar isso. Eu costumava pensar que a vida era sobre viver intensamente. Eu pensava “Se eu não viver assim, minha vida será um fracasso”. No entanto, não apenas eu, a sociedade em geral está mudando. As pessoas pensam mais na sua felicidade agora. Eu quero seguir em frente e me tornar mais saudável e mais feliz.
 
P: Nesse contexto, houve alguma mudança na sua rotina diária?
S:
Eu comecei a me exercitar. Eu costumava fazer isso somente quando tinha tempo livre, mas agora eu arranjo tempo para fazer exercícios. Quando eu começo a me exercitar, eu me sinto renovada. Minha mente fica limpa. Eu gosto de me exercitar porque eu consigo deixar de lado meus pensamentos no momento e só me concentro no exercício.
 
P: Enquanto você trabalha, você pode se conhecer mais. Quais são as suas forças que você descobriu?
S:
Eu consigo me adaptar rapidamente a mudanças. Não importa onde e quando, eu consigo me associar bem com as pessoas.
 
P: Você fez isso no programa ‘Three Meals A Day’.
S:
Quando eu visito um lugar barulhento, eu me torno energética. Quando eu vou a um lugar quieto, eu me acalmo. Eu consigo facilmente me misturar ao ambiente. É como se você colocasse água em um recipiente retangular, ela ficará com a forma retangular, a água se molda em qualquer recipiente que você a coloca.
 
P: Isso é um grande dom.
S:
As vezes fico confusa. Eu me preocupo como ‘o que eu sou, uma pessoa sem personalidade e subjetiva?’
 
P: Tem alguém com quem você compartilha suas preocupações?
S:
Eu normalmente falo bastante com a minha família. Mas eu não procuro as respostas com eles. Eu apenas converso. Ao invés de dividir isso com alguém com quem eu tenho um relacionamento próximo, eu compartilho com alguém que eu acabei de conhecer. Você sabe… as pessoas que eu sou próximas só irão me dizer coisas boas.
 
P: Você acha que isso define sua personalidade?
S:
Estou tentando. As vezes eu esqueço. De que eu sou única nesse mundo.
 
P: Todos nessa era se sentem desse jeito. A vida é difícil. Já que você é uma pessoa que sempre está em uma posição de ser julgada, eu acho que você se sente mais exausta.
S:
Eu li em um livro que existe duas formas de viver. Uma é pensar que não existe milagres. A outra é pensar que tudo é milagre. Eu acredito mais na segunda opção.
 
P: Você se sente assim esses dias?
S:
Sim, eu não sou ninguém mas ainda assim recebo tanto amor.
 
P: Acho que você é uma pessoa saudável.
S:
Me sinto da mesma forma. Acho que ser saudável é um bom termo.
 
P: Você assiste seus trabalhos antigos?
S:
Não (risos). Tem coisas de que eu sinto vergonha. Também pode ser porque eu assistia tanto antigamente que talvez eu tenha me cansado de assistir.
 
P: Você se sente que ainda não é o suficiente?
S:
Eu acho que é melhor faltar do que ter demais, talvez é por isso que eu sempre tenho papéis pequenos. (risos)
 
P: Como você se sente no palco?
S:
Eu não estou sozinha no palco, certo? Ao contrário, acho que deixar de lado o ego faz a equipe se manter mais unida.
 
P: Quais os planos do AOA?
S:
Agora estamos nos preparando para nosso álbum. Já que faz um tempo que lançamos um álbum, estamos preocupadas em que tipo de imagem devemos mostrar.
 
P: Quais são as maiores preocupações?
S:
O que artistas da nossa geração podem mostrar? O que mais somente o AOA pode mostrar? É uma preocupação de nos diferenciar dos outros, certo?
 
P: Pessoalmente, tem algum assunto em que você esteja interessada atualmente?
S:
Eu fiquei interessada com os problemas sociais femininos. Eu ainda estou estudando mais sobre esse lance de feminismo.
 
P: Se você se comparasse a um animal, que tipo de animal você seria?
S:
Um cachorrinho. Você gosta de alguém que é pequeno, meigo e atencioso com você? hahaha
 
P: Você tem um cachorro chamado Dongchee, certo?
S:
Sim, é um sharpei, eu estou cuidando dele já faz 1 ano e meio. Eu criava ele no meu quarto quando morávamos no dormitório. Eu me mudei quando o Dungchee ficou maior.
 
P: Você se mudou por causa do Dungchee?
S:
Não é isso (risos). Aconteceu naturalmente porque o contrato do nosso dormitório tinha acabado.
 
P: Que tipo de sentimento o Dungchee te trouxe?
S:
“Espere, por que eu gosto tanto dele?”. É um sentimento que eu tenho. Eu realmente estou surpresa com esse sentimento. “Ah… então isso que é amar incondicionalmente”, e todo dia é um aprendizado. Eu acredito que mesmo eu não sendo uma pessoa incrível, mesmo eu sendo uma pessoa que não trabalha duro, mesmo eu não sendo saudável, Dungchee irá me amar pela maneira que eu sou.
 
P: Você foi para Milão como uma representante coreana. Você quer se tornar personalidade da moda?
S:
Agora eu estou lentamente me interessando sobre moda. Acho que estou me tornando ambiciosa sobre isso porque estou começando a conhecer mais e ver mais sobre a moda.

 
 
cr: voguekorea + AOABR + gelastic

Sem Comentários 26/03/2018 Posted by: admin Entrevista,Traduções


 
P: Você terminou de filmar seu 3º filme, ‘Ansi City’, no fim de Janeiro desse ano.
S:
Eu estou extremamente aliviada. Começamos a filmar em agosto do ano passado, então filmamos por 6 meses. Essa é minha primeira vez embarcando em um único projeto que durou tanto tempo. Eu tive que manter minha energia do momento que começamos a filmar até o final, então acho que foi um pouco demais para mim.
 
P: Você se sente mais confortável com a atuação?
S:
Sim, sempre me sinto assim. Parece que quanto mais eu me adapto ao desenrolar da filmagem, melhor as coisas fluem.
 
P: Como era o clima durante as filmagens?
S:
Era incrível. Jo Insung sunbae cuidou bem de mim. O ambiente das filmagens sempre era amigável graças aos sunbaes.
 
P: É a sua primeira vez aparecendo em um filme tão grande, certo?
S:
Isso mesmo. Eu nunca vi um número tão grande de atores em uma única cena, então levava tempo para eu me adaptar a cena. Normalmente eu contracenava com 3 ou 4 atores como os meus outros filmes.
 
P: Qual foi a dificuldade durante as filmagens?
S:
Como tinha bastante gente em um mesmo filme, eu não conseguia relaxar. Eu não tenho muita experiencia em atuação, então eu estava sempre em alerta. Eu tentava me mover mais precisamente em frente a camera. O diretor disse que, após assistir minha atuação, que estava indo bem.
 
P: Se o diretor dissesse que você estava indo bem antes do que você esperava, você ficaria relaxada?
S:
Eu continuaria perguntando para ele. Eu fui boa mesmo? Foi realmente bom? Eu até perguntava isso pra ele. Foi tudo bom mesmo? (risos)
 
P: Você é muito cuidadosa e atenciosa.
S:
Somente com o trabalho.
 
P: Seu papel no filme é a Baekha, líder de um grupo militar feminino. Deve ter tido bastante cena de ação.
S:
Eu realmente pratiquei muito.
 
P: Parece que você mostrou confiança.
S:
O filme não vai mostrar muito das minhas cenas de ação, mas eu pratiquei muito para essas cenas. Parece que ficou bom e então estou orgulhosa.
 
P: Quando eu olho para a tela do cinema, eu sinto que você é uma atriz boa em expressar usando seu corpo. Os movimentos são naturais. Acho que é porque você é uma dançarina treinada.
S:
É isso? Na verdade, eu ainda sou muito rígida em frente da camera, então eu tento me concentrar na cena o máximo que consigo. Se tem atores que conseguem analisar cada passo e fazer o papel adequadamente, eu não estou nesse nível ainda. Eu tento, pelo menos, não perder a situação e os sentimentos do dia.
 
P: Se você comparar a Baekha com as outras personagens que você já interpretou, o que tem de novo nesse papel?
S:
É muito diferente. Meu primeiro filme foi Gangnam 1970, onde eu era filha e irmã. Eu também fui filha em Memoir Of a Murderer. Em ambos os filmes minha personagem era movida por outros personagens. Ao invés disso, Baekha é a irmã do Manchoon (Jo Insung), mas ela não o escuta. Não importa o que os outros digam, ela faz o que ela quer fazer. Ela é forte.
 
P: Como é a personalidade da Seolhyun na vida real?
S:
Ela é honesta como a Baekha, mas não tem tanta coragem como ela.
 
P: Você era assim antes? Ou você mudou para ser quem é agora?
S:
Minha coragem foi desenvolvendo com o trabalho. Eu sou bem tímida, mas quando estou na TV, incrivelmente minha segunda personalidade aparece sem eu saber (risos).
 
P: Você se sente mais confortável quando está por trás de outros personagens?
S:
As vezes eu me sentia tão nervosa que queria desistir. Durante as filmagens de ‘Ansi City’, eu fiquei tão nervosa antes de começar a filmar que eu tomava remédios. Eu fiquei preocupada se um filme como esse de tão grande escala fosse atrasado por minha causa.
 
P: Você se sente pressionada por não ser permitida a cometer erros?
S:
Eu tenho um grande senso de responsabilidade e uma missão de fazer bem o meu trabalho.
 
P: Você acha que essa atitude é positiva?
S:
É positiva e funciona se você olhar os resultados, mas é difícil durante o processo. Acho que é por isso que sinto melhor depois que eu termino um projeto.
 
P: Como você se sente no dia antes de da premiere?
S:
Eu não consigo dormir. Eu pensei que era porque eu era novata, mas meus sunbaes também sentem isso. “O que devo responder para as perguntas na conferência?”, eu constantemente me pergunto (risos).
 
P: Quando o filme é lançado, que tipo de reações te faz ficar aliviada?
S:
Eu não acho que eu já tive algo assim… eu nunca escutei nada bom sobre minha atuação.
 
P: De jeito nenhum.
S:
Acho que minha atuação não é satisfatória.
 
P: Que tipo de palavras te faz ficar satisfeita?
S:
“Você está indo bem!”
 
P: Pra você, o que é atuar bem? Acho que as pessoas tem diferentes opniões quanto a isso.
S:
Para mim é dividido em tipos. O primeiro tipo é quando o personagem parece real, o segundo tipo é quando você consegue sentir que a atuação é habilidosa e estruturada. Interessante, sempre quando eu assisto Gong Hyojin sunbae, eu sinto que o personagem da “vontade de chorar ou de rir”. Também acontece com Eddie Redmayne de ‘A teoria de tudo’. Eu fico impressionada como ele consegue se movimentar tão delicadamente. Não é um personagem que você poderia simplesmente fazer por estar imerso nisso. É como se controlasse todo o seu corpo, não é incrível?
 
P: Então, você quer escutar “o personagem parece real”?
S:
Agora estou nesse nível. Enquanto o tempo passa, eu devo me direcionar em uma direção mais habilidosa. Eu não quero apenas focar na situação, eu também quero aprender e estudar técnicas de atuação.
 
P: Olhando seu instagram, parece que você gosta de filmes bastante românticos.
S:
Sim, isso mesmo. Bem, histórias de amor são universais. Todo mundo vive isso e todo mundo sonha com isso.
 
P: Se você fosse fazer uma lista com filmes de romance, qual você colocaria na lista?
S:
Primeiramente, o filme ‘Closer’.
 
P: Com quem você se identificou?
S:
Alice, claro. A idade da personagem e as experiências são bem similares a mim, então foi com quem eu mais me identifiquei.
 
P: E se você fosse fazer uma recomendação?
S:
“O que é o amor verdadeiro?”, o filme pergunta isso, mas você fica mais confuso depois de assistir (risos).
 
P: Mais algum filme?
S:
A teoria de tudo, Notting Hill, Questão de tempo, Simplesmente amor, Azul é a cor mais quente…
 
P: Bastante filme. Tem algum personagem que você gostaria de interpretar?
S:
Comparado com o número de personagens que eu já interpretei, tem muito mais papéis que eu não fiz, então eu gostaria de tentar todos eles.
 
P: Todos tem um personagem que é mais apelativo por instinto.
S:
Como eu sou uma pessoa fraca, eu quero interpretar uma pessoa forte.
 
P: Você não tem medo de encontrar um personagem que seja totalmente diferente de você?
S:
Claro que sim. Mas não acho que eu tenha medo de algo.
 
P: Então você não recusaria uma oportunidade mesmo se tivesse com medo?
S:
Bem… pensando assim, eu recusaria (risos). Mesmo se eu tiver medo, se eu tiver alguma esperança em fazer isso, eu irei agarrar a chance, ou deixar pra la.
 
 
cr: voguekorea + AOABR +gelastic

Sem Comentários 26/03/2018 Posted by: admin Entrevista,Traduções

Sem Comentários 26/03/2018 Posted by: admin Videos
Página 19 de 605« Primeira...10...1718192021...304050...Última »