Arquivo da Categoria "Entrevista"


 
P: Vocês já viajaram em grupo?
Hyejeong:
Quase nenhuma das meninas já viajou pra fora. Viajar para o exterior para trabalhar se tornou um hábito então é assustador. Moramos juntas por tanto tempo, parece que esquecemos de como é viver nossas vidas privadas.
Mina: Na verdade, não podemos ir porque temos medo de que nossa empresa iria cuidar de nós.
Hyejeong: Nós não temos tempo, e se você viajar com preocupações você irá se perder.
Chanmi: Nós planejamos viajar juntas, mas sempre alguém ta filmando um drama, ou vai estar em um programa então é difícil de achar um tempo. Se faltar alguém, será insignificante, daremos um jeito depois.
 
P: Qual é a comida mais difícil de resistir?
Yuna:
Eu gosto de comida coreana então para mim, isso é o mais difícil de me segurar para comer. Quando eu como, meu estomago sai pra fora.
Seolhyun: Pão e bolo. Teve uma época que eu fui pra uma loja de conveniência com Jimin unnie e comprei um bolo. Eu me senti tonta porque fazia tanto tempo que eu não comia um bolo depois de limitar minhas refeições. Eu me senti nova.
Jimin: Pra mim é macarrão ou comidas fritas. Quando fica bem difícil, eu visto roupas que parecem como um frango frito.
 
P: Como é a sala de chart do AOA?
Seolhyun:
Tem bastante empresário na nossa sala. Então a maioria das nossas conversas incluem compromissos. Ontem a Hyejeong enviou uma foto do nosso passado obscuro que ela encontrou em um computador.
Jimin: Se uma de nós faz isso, todas fazem também. É tipo “Oh, sério? Então eu vou postar isso”.
 
P: Como vocês passam o tempo livre?
Jimin:
Se eu não estiver em casa, eu normalmente fico com a Seolhyun.
Seolhyun: Eu jogo Tetris com minha irmã, como e me exercito. Ou fico apenas em casa.
Yuna: Eu apenas me exercito. Eu comecei a fazer yoga quando minha mente estava cansada e isso me ajudou bastante. Eu ainda estou fazendo isso e acho que estou viciada.
Mina: Eu quase estou grudada a Hyejeong exceto quando estamos dormindo. Eu não tenho outros amigos.
Hyejeong: Nós moramos juntas então é inevitável. Toda vez que eu penso no que vou fazer quando estou sozinha, eu uso um planejador. Eu gosto de fazer planos então eu fico feliz quando abro minha agenda e vejo meus compromissos. Sinto que estou trabalhando duro.
Mina: Eu escrevo um diário em um aplicativo. Eu gosto de escrever. Me faz se sentir melhor e orgulhosa quando eu leio depois.
Chanmi: Eu fui em um programa e conheci pessoas que são como eu e nós nos falamos muito. Na verdade, foi dificil porque eu não sou conversadeira. Então eu apenas fico quieta em casa. Eu quero viajar bastante esse ano então eu estou economizando dinheiro. Eu quero ir para lugares perto. Eu também quero tirar minha carteira de motorista.
 
P: Como serão as atividades dessa vez?
Mina:
Sexy? Um sentimento diferente já que eu cortei meu cabelo.
Chanmi: Eu sou na verdade uma rapper então eu sempre faço rap, mas dessa vez eu faço o vocal. Por favor, aguardem meu vocal único.
Hyejeong: Eu recentemente filmei um drama então consegui encontrar nossos fãs como uma atriz. Estou feliz de consegui me mostrar como cantora novamente.
Seolhyun: Iremos mostrar a todos vocês algo mais forte do que antes. Eu sempre fico sorrindo e com meu cabelo normal, mas dessa vez eu vou amarrar meu cabelo e mudar minha maquiagem.
Jimin: Depois de usar franja por anos, mas em BingleBangle eu vou usar um estilo sem franja. Não sei como as pessoas vão reagir.
Yuna: Eu pintei meu cabelo e cortei. Acho que vai parecer mais saudável.
 
 
cr: ayochanmi + AOABR

Sem Comentários 29/05/2018 Posted by: admin


 
P: Tem alguma mudança musical nesse álbum?
Seolhyun:
Quando colocamos as pessoas próximas a nós para escutar, eles disseram que era diferente. E olhando para nosso estilo antigo, iremos ter um sentimento diferente que nossos ouvintes irão pensar ‘Essa é uma música do AOA?’.
Hyejeong: Estamos bem nervosas. Já que a música título é a mais importante, nós gravamos várias músicas e escutamos elas e perguntamos para nossa empresa se podíamos ter mais, nos deram bastante opinião sobre a música. Eu acho que a música é boa, a dança é boa e o conceito também.
 
P: Vocês debutaram 7 anos atrás. Qual é o sentimento quando vocês pensam sobre isso?
Mina:
Eu penso que trabalhamos duro (risos).
Seolhyun: Eu não sinto que foi muito tempo. É incrível como o tempo curto acumulou e estamos aqui agora.
Hyejeong: Ontem, eu achei um computador antigo e vi vários vídeos antigos nossos lá, foi divertido. Quando eu estava assistindo nossos vídeos durante os dias de trainee, eu pensei ‘Nós realmente vivíamos duramente’. Nós não tínhamos muito tempo para descansar e nós trabalhávamos duro.
Mina: Eu acho que é melhor ter bastante trabalho porque eu fico ansiosa quando as coisas desaparecem. Eu fico cansada mas precisamos viver a vida intensamente.
Jimin: Na nossa última atividade, não tinha muitos grupos antigos além do Sinhwa. Eu fiquei envergonhada quando os grupos mais novos vinham cumprimentar.
 
P: Nós diga seus momentos mais felizes juntas.
Mina:
Eu me lembro de quando ainda morávamos juntas no dormitório. Nós comíamos bastante coisa, como rolinhos primavera.
Chanmi: Mina unnie sempre fritava lulas. Toda fez que ela fazia tinha um gosto diferente, era impressionante.
Yuna: Durante as promoções de ‘Heart Attack’. Enquanto penso sobre isso, eu sinto que recebemos bastante amor.
Seolhyun: Eu fiquei feliz ensaiando para esse novo álbum. Eu fiquei cansada porque a coreografia é difícil, mas tem esse companheirismo que criamos quando compartilhamos um trabalho duro. Foi divertido porque parecíamos um grupo de estudantes estudando para uma grande prova.
Jimin: Eu era feliz quando fizemos nosso debut. Como experimentamos nosso crescimento, as coisas também melhoraram, tem mais coisas que combinam com a gente, mas eu sinto falta da época de debut quando subíamos no palco por 1 minuto, esperando que eles deixassem que nós cantássemos nossa música inteira. Nós costumávamos vir para a sala de ensaio mesmo nos dias de folga. Não sei porque fazíamos isso mas esse é o motivo de estarmos aqui agora. Durante aquela época, não tínhamos celular, não podíamos sair, não tínhamos amigos, era realmente um mundo exclusivo nosso e era muito bonito ver todas nós correndo atrás de um mesmo objetivo.
Chanmi: Foi divertido quando viajamos juntas. Foi para filmar para um programa, mas pensando bem, foi uma época bem divertida.
Mina: Temos que fazer isso novamente, viajar.
 
 
cr: ayochanmi + AOABR

1 Comentário 22/05/2018 Posted by: admin


 
P: Assim que você voltou da semana de modas de Milão, você foi assistir a final de curling feminina, certo?
S:
Eu sou embaixadora das Olimpiadas de Inverno de Pyeongchang, mas eu não consegui assistir aos jogos porque eu tinha compromissos em outro país. Assim que eu voltei, eu fui para Pyeongchang. Foi exatamente no dia das finais de curling.
 
P: Como você se sentiu vendo o jogo?
S:
Foi incrível assistir a uma olimpiada bem diante dos meus olhos. Será que vou ter outra experiência como essa antes de morrer? Além de tudo, o motivo por eu acreditar que as atletas do curling feminino da Coreia foram incríveis é porque elas foram capazes de aproveitar o jogo enquanto estavam concentradas. Elas pareciam bem felizes. É incrível o modo que elas colocaram de lado a pressão e aproveitaram o jogo mesmo com muita atenção.
 
P: E a Seolhyun? Você está aproveitando seu trabalho?
S:
Eu acho que agora eu quero ser capaz de aproveitar isso. Eu costumava pensar que a vida era sobre viver intensamente. Eu pensava “Se eu não viver assim, minha vida será um fracasso”. No entanto, não apenas eu, a sociedade em geral está mudando. As pessoas pensam mais na sua felicidade agora. Eu quero seguir em frente e me tornar mais saudável e mais feliz.
 
P: Nesse contexto, houve alguma mudança na sua rotina diária?
S:
Eu comecei a me exercitar. Eu costumava fazer isso somente quando tinha tempo livre, mas agora eu arranjo tempo para fazer exercícios. Quando eu começo a me exercitar, eu me sinto renovada. Minha mente fica limpa. Eu gosto de me exercitar porque eu consigo deixar de lado meus pensamentos no momento e só me concentro no exercício.
 
P: Enquanto você trabalha, você pode se conhecer mais. Quais são as suas forças que você descobriu?
S:
Eu consigo me adaptar rapidamente a mudanças. Não importa onde e quando, eu consigo me associar bem com as pessoas.
 
P: Você fez isso no programa ‘Three Meals A Day’.
S:
Quando eu visito um lugar barulhento, eu me torno energética. Quando eu vou a um lugar quieto, eu me acalmo. Eu consigo facilmente me misturar ao ambiente. É como se você colocasse água em um recipiente retangular, ela ficará com a forma retangular, a água se molda em qualquer recipiente que você a coloca.
 
P: Isso é um grande dom.
S:
As vezes fico confusa. Eu me preocupo como ‘o que eu sou, uma pessoa sem personalidade e subjetiva?’
 
P: Tem alguém com quem você compartilha suas preocupações?
S:
Eu normalmente falo bastante com a minha família. Mas eu não procuro as respostas com eles. Eu apenas converso. Ao invés de dividir isso com alguém com quem eu tenho um relacionamento próximo, eu compartilho com alguém que eu acabei de conhecer. Você sabe… as pessoas que eu sou próximas só irão me dizer coisas boas.
 
P: Você acha que isso define sua personalidade?
S:
Estou tentando. As vezes eu esqueço. De que eu sou única nesse mundo.
 
P: Todos nessa era se sentem desse jeito. A vida é difícil. Já que você é uma pessoa que sempre está em uma posição de ser julgada, eu acho que você se sente mais exausta.
S:
Eu li em um livro que existe duas formas de viver. Uma é pensar que não existe milagres. A outra é pensar que tudo é milagre. Eu acredito mais na segunda opção.
 
P: Você se sente assim esses dias?
S:
Sim, eu não sou ninguém mas ainda assim recebo tanto amor.
 
P: Acho que você é uma pessoa saudável.
S:
Me sinto da mesma forma. Acho que ser saudável é um bom termo.
 
P: Você assiste seus trabalhos antigos?
S:
Não (risos). Tem coisas de que eu sinto vergonha. Também pode ser porque eu assistia tanto antigamente que talvez eu tenha me cansado de assistir.
 
P: Você se sente que ainda não é o suficiente?
S:
Eu acho que é melhor faltar do que ter demais, talvez é por isso que eu sempre tenho papéis pequenos. (risos)
 
P: Como você se sente no palco?
S:
Eu não estou sozinha no palco, certo? Ao contrário, acho que deixar de lado o ego faz a equipe se manter mais unida.
 
P: Quais os planos do AOA?
S:
Agora estamos nos preparando para nosso álbum. Já que faz um tempo que lançamos um álbum, estamos preocupadas em que tipo de imagem devemos mostrar.
 
P: Quais são as maiores preocupações?
S:
O que artistas da nossa geração podem mostrar? O que mais somente o AOA pode mostrar? É uma preocupação de nos diferenciar dos outros, certo?
 
P: Pessoalmente, tem algum assunto em que você esteja interessada atualmente?
S:
Eu fiquei interessada com os problemas sociais femininos. Eu ainda estou estudando mais sobre esse lance de feminismo.
 
P: Se você se comparasse a um animal, que tipo de animal você seria?
S:
Um cachorrinho. Você gosta de alguém que é pequeno, meigo e atencioso com você? hahaha
 
P: Você tem um cachorro chamado Dongchee, certo?
S:
Sim, é um sharpei, eu estou cuidando dele já faz 1 ano e meio. Eu criava ele no meu quarto quando morávamos no dormitório. Eu me mudei quando o Dungchee ficou maior.
 
P: Você se mudou por causa do Dungchee?
S:
Não é isso (risos). Aconteceu naturalmente porque o contrato do nosso dormitório tinha acabado.
 
P: Que tipo de sentimento o Dungchee te trouxe?
S:
“Espere, por que eu gosto tanto dele?”. É um sentimento que eu tenho. Eu realmente estou surpresa com esse sentimento. “Ah… então isso que é amar incondicionalmente”, e todo dia é um aprendizado. Eu acredito que mesmo eu não sendo uma pessoa incrível, mesmo eu sendo uma pessoa que não trabalha duro, mesmo eu não sendo saudável, Dungchee irá me amar pela maneira que eu sou.
 
P: Você foi para Milão como uma representante coreana. Você quer se tornar personalidade da moda?
S:
Agora eu estou lentamente me interessando sobre moda. Acho que estou me tornando ambiciosa sobre isso porque estou começando a conhecer mais e ver mais sobre a moda.

 
 
cr: voguekorea + AOABR + gelastic

Sem Comentários 26/03/2018 Posted by: admin


 
P: Você terminou de filmar seu 3º filme, ‘Ansi City’, no fim de Janeiro desse ano.
S:
Eu estou extremamente aliviada. Começamos a filmar em agosto do ano passado, então filmamos por 6 meses. Essa é minha primeira vez embarcando em um único projeto que durou tanto tempo. Eu tive que manter minha energia do momento que começamos a filmar até o final, então acho que foi um pouco demais para mim.
 
P: Você se sente mais confortável com a atuação?
S:
Sim, sempre me sinto assim. Parece que quanto mais eu me adapto ao desenrolar da filmagem, melhor as coisas fluem.
 
P: Como era o clima durante as filmagens?
S:
Era incrível. Jo Insung sunbae cuidou bem de mim. O ambiente das filmagens sempre era amigável graças aos sunbaes.
 
P: É a sua primeira vez aparecendo em um filme tão grande, certo?
S:
Isso mesmo. Eu nunca vi um número tão grande de atores em uma única cena, então levava tempo para eu me adaptar a cena. Normalmente eu contracenava com 3 ou 4 atores como os meus outros filmes.
 
P: Qual foi a dificuldade durante as filmagens?
S:
Como tinha bastante gente em um mesmo filme, eu não conseguia relaxar. Eu não tenho muita experiencia em atuação, então eu estava sempre em alerta. Eu tentava me mover mais precisamente em frente a camera. O diretor disse que, após assistir minha atuação, que estava indo bem.
 
P: Se o diretor dissesse que você estava indo bem antes do que você esperava, você ficaria relaxada?
S:
Eu continuaria perguntando para ele. Eu fui boa mesmo? Foi realmente bom? Eu até perguntava isso pra ele. Foi tudo bom mesmo? (risos)
 
P: Você é muito cuidadosa e atenciosa.
S:
Somente com o trabalho.
 
P: Seu papel no filme é a Baekha, líder de um grupo militar feminino. Deve ter tido bastante cena de ação.
S:
Eu realmente pratiquei muito.
 
P: Parece que você mostrou confiança.
S:
O filme não vai mostrar muito das minhas cenas de ação, mas eu pratiquei muito para essas cenas. Parece que ficou bom e então estou orgulhosa.
 
P: Quando eu olho para a tela do cinema, eu sinto que você é uma atriz boa em expressar usando seu corpo. Os movimentos são naturais. Acho que é porque você é uma dançarina treinada.
S:
É isso? Na verdade, eu ainda sou muito rígida em frente da camera, então eu tento me concentrar na cena o máximo que consigo. Se tem atores que conseguem analisar cada passo e fazer o papel adequadamente, eu não estou nesse nível ainda. Eu tento, pelo menos, não perder a situação e os sentimentos do dia.
 
P: Se você comparar a Baekha com as outras personagens que você já interpretou, o que tem de novo nesse papel?
S:
É muito diferente. Meu primeiro filme foi Gangnam 1970, onde eu era filha e irmã. Eu também fui filha em Memoir Of a Murderer. Em ambos os filmes minha personagem era movida por outros personagens. Ao invés disso, Baekha é a irmã do Manchoon (Jo Insung), mas ela não o escuta. Não importa o que os outros digam, ela faz o que ela quer fazer. Ela é forte.
 
P: Como é a personalidade da Seolhyun na vida real?
S:
Ela é honesta como a Baekha, mas não tem tanta coragem como ela.
 
P: Você era assim antes? Ou você mudou para ser quem é agora?
S:
Minha coragem foi desenvolvendo com o trabalho. Eu sou bem tímida, mas quando estou na TV, incrivelmente minha segunda personalidade aparece sem eu saber (risos).
 
P: Você se sente mais confortável quando está por trás de outros personagens?
S:
As vezes eu me sentia tão nervosa que queria desistir. Durante as filmagens de ‘Ansi City’, eu fiquei tão nervosa antes de começar a filmar que eu tomava remédios. Eu fiquei preocupada se um filme como esse de tão grande escala fosse atrasado por minha causa.
 
P: Você se sente pressionada por não ser permitida a cometer erros?
S:
Eu tenho um grande senso de responsabilidade e uma missão de fazer bem o meu trabalho.
 
P: Você acha que essa atitude é positiva?
S:
É positiva e funciona se você olhar os resultados, mas é difícil durante o processo. Acho que é por isso que sinto melhor depois que eu termino um projeto.
 
P: Como você se sente no dia antes de da premiere?
S:
Eu não consigo dormir. Eu pensei que era porque eu era novata, mas meus sunbaes também sentem isso. “O que devo responder para as perguntas na conferência?”, eu constantemente me pergunto (risos).
 
P: Quando o filme é lançado, que tipo de reações te faz ficar aliviada?
S:
Eu não acho que eu já tive algo assim… eu nunca escutei nada bom sobre minha atuação.
 
P: De jeito nenhum.
S:
Acho que minha atuação não é satisfatória.
 
P: Que tipo de palavras te faz ficar satisfeita?
S:
“Você está indo bem!”
 
P: Pra você, o que é atuar bem? Acho que as pessoas tem diferentes opniões quanto a isso.
S:
Para mim é dividido em tipos. O primeiro tipo é quando o personagem parece real, o segundo tipo é quando você consegue sentir que a atuação é habilidosa e estruturada. Interessante, sempre quando eu assisto Gong Hyojin sunbae, eu sinto que o personagem da “vontade de chorar ou de rir”. Também acontece com Eddie Redmayne de ‘A teoria de tudo’. Eu fico impressionada como ele consegue se movimentar tão delicadamente. Não é um personagem que você poderia simplesmente fazer por estar imerso nisso. É como se controlasse todo o seu corpo, não é incrível?
 
P: Então, você quer escutar “o personagem parece real”?
S:
Agora estou nesse nível. Enquanto o tempo passa, eu devo me direcionar em uma direção mais habilidosa. Eu não quero apenas focar na situação, eu também quero aprender e estudar técnicas de atuação.
 
P: Olhando seu instagram, parece que você gosta de filmes bastante românticos.
S:
Sim, isso mesmo. Bem, histórias de amor são universais. Todo mundo vive isso e todo mundo sonha com isso.
 
P: Se você fosse fazer uma lista com filmes de romance, qual você colocaria na lista?
S:
Primeiramente, o filme ‘Closer’.
 
P: Com quem você se identificou?
S:
Alice, claro. A idade da personagem e as experiências são bem similares a mim, então foi com quem eu mais me identifiquei.
 
P: E se você fosse fazer uma recomendação?
S:
“O que é o amor verdadeiro?”, o filme pergunta isso, mas você fica mais confuso depois de assistir (risos).
 
P: Mais algum filme?
S:
A teoria de tudo, Notting Hill, Questão de tempo, Simplesmente amor, Azul é a cor mais quente…
 
P: Bastante filme. Tem algum personagem que você gostaria de interpretar?
S:
Comparado com o número de personagens que eu já interpretei, tem muito mais papéis que eu não fiz, então eu gostaria de tentar todos eles.
 
P: Todos tem um personagem que é mais apelativo por instinto.
S:
Como eu sou uma pessoa fraca, eu quero interpretar uma pessoa forte.
 
P: Você não tem medo de encontrar um personagem que seja totalmente diferente de você?
S:
Claro que sim. Mas não acho que eu tenha medo de algo.
 
P: Então você não recusaria uma oportunidade mesmo se tivesse com medo?
S:
Bem… pensando assim, eu recusaria (risos). Mesmo se eu tiver medo, se eu tiver alguma esperança em fazer isso, eu irei agarrar a chance, ou deixar pra la.
 
 
cr: voguekorea + AOABR +gelastic

Sem Comentários 26/03/2018 Posted by: admin


 
P: Você está atualmente filmando seu 3º filme, Ansi fortress. Além desse filme ser sobre guerra, você pode me falar mais sobre isso?
S:
Eu vou fazer o papel de Baekha, a irmã mais nova do comandante do forte Ansi, que será interpretado pelo Jo Insunb sunbae. Eu estava bem preocupada já que era minha primeira participação em um filme tão grande. Eu sempre fui bem tímida. Como eu tinha que falar com muitas pessoas nas filmagens, foi difícil me adaptar no inicio. As datas de gravações eram bem distantes então toda vez que eu ia gravar eu sentia que era a primeira vez, é por isso que eu me sentia que não era tão familiar.
 
P: Que tipo de pessoa é a Baekha? Olhando para a descrição do papel diz que é a líder das tropas femininas, parece que você terá muita cena de ação.
S:
Isso mesmo. Ela é corajosa e sincera, mas ela mostra seu lado feminino na frente dos que ela ama. Nos filmes anteriores, eu tinha aulas de atuação para personagens que apanhavam, mas dessa vez eu estou tendo aulas de ação e luta pela primeira vez. Já que meu papel tem algumas cenas de guerra e artes marciais, eu fui para aulas de ação pela primeira vez.
 
P: A palavra ‘daesae’ (a garota famosa) foi usada para descrever você. Naquela época você não se avaliava tão bem. Você está se auto avaliando bem ultimamente?
S:
Foi bem difícil. Ano passado foi o pior ano que eu já enfrentei. Eu sempre tentei estar a frente de todos em tudo e se eu não trabalhasse duro eu via isso como uma falha e então me sentia nervosa e ansiosa. Eu decidi mudar depois de viver assim por um tempo. Não importa o quanto eu planeje, tem coisas que estão além do meu controle. Tem vezes que eu não pudia fazer nada, mas eu tive que aceitar que o que eu fazia até agora era um ato de arrogância. Aprender a aceitar e entender partes que eu já conhecia sobre mim é tão importante quanto aprender mais sobre mim mesma.
 
P: Quando você tirou fotos hoje, você disse que queria mostrar seu lado natural. Como é o lado natural da Seolhyun?
S:
Tem algum lado de você que faz você pensar ‘Ah, então eu sou assim’? Eu sou uma pessoa muito curiosa, teimosa e que sorri bastante. E como eu digo toda vez, quando estou com minha família eu mostro o meu lado natural. Quando estou com minha família, idade não importa mais. Eu me sinto muito confortável quando eu posso revelar minha personalidade infantil natural.
 
P: Não tem porque se sentir tímida na frente da família (risos) Você tem que apenas celebrar seu aniversário. Que coisas você quer dizer sem ter que se preocupar?
S:
Primeiramente eu tenho esse cobertor que eu uso desde muito pequena e que me sinto relaxada quando eu levo ele pra onde eu for. Eu gosto de passar o dia deitada relaxando, conversando e usando meu telefone para anotar o que acontece ou os meus sentimentos. Eu escrevo momentos como ‘isso é algo que eu nunca devo esquecer’. Do que eu mais gosto, dormir bastante? Eu amo dormir, se eu não dormir o bastante eu sinto que não posso fazer nada.
 
P: Você tem planos para o ano novo?
S:
Na verdade, minhas expectativas para 2018 são bem grandes. Eu não sei o motivo, mas eu espero ir bem nesse novo ano. Especialmente porque meu zodíaco é o cachorro (2018 é o ano do cachorro), eu sinto que algo bom irá acontecer comigo e eu comecei o ano com bons pensamentos. Ano passado foi um ano para aceitar que as coisas não acontecem do jeito que eu quero, é por isso que esse ano eu tenho que me manter positiva e não fugir.
 
 
via: gelasticangel + aoabr

Sem Comentários 19/01/2018 Posted by: admin

 
 
P: Quais seus pensamentos sobre o ‘Hospital ship’?
M:
Durante as filmagens, os atores e diretores me ajudaram bastante e por isso consegui interpretar a ‘Yoo Ahrim’ muito feliz. Foi um trabalho onde eu aprendi a crescer com os conselhos dos meus superiores. Foi meu primeiro trabalho em um drama médico então eu tive que memorizar muitos termos médicos, ferramentas e tal. Eu visitei um médico para perguntar algumas coisas e eu também aprendi vendo vídeos no youtube.
 
P: Que parte desse trabalho você acha que te ajudou a melhorar?
M:
Minha personagem Ahrim é na verdade muito igual a mim. Nós duas temos um brilho incomum e somos muito positivas. Eu consegui ganhar experiência em drama médico e eu acho que foi uma boa oportunidade para mim.
 
P: Tem algum momento memorável enquanto você filmava em Geojedo?
M:
Ficamos em Geojedo para as filmagens por 4 meses. Primeiramente, eu fiquem bem preocupada por estar longe das meninas do AOA mas enquanto o tempo passava, eu me tornei amiga dos outros atores, nós comíamos e bebiamos juntos, assistíamos ‘Hospital Ship’ juntos e tínhamos um bom tempo. Jung Kyung Soon sunbae realmente me tratou como uma amiga. Eu e a unnie fomos para Tongyeong juntas, comemos Kimbap, caminhamos e conversamos. Parecia que eu realmente estava saindo com uma antiga amiga.
 
P: Recentemente, Choa saiu do AOA. Teve alguma preocupação?
M:
Ao invés de preocupação, as meninas se apoiavam e encorajavam umas às outras para trabalharmos duro. Na verdade, eu sofri de paralisia facial em Abril. Eu queria atuar mas eu fiquei preocupada porque um lado do meu rosto dóia muito. Os médicos disseram que foi por causa de estresse e insonia, e isso durou por 3 meses. Eu fiquei bastante assustada. Durante esse tempo as integrantes me visitaram no hospital e me ajudaram. Eu não posso dizer que estou 100% curada agora mas eu me sinto muito melhor.
 
P: No início do mês você lançou um livro. Comente.
M:
Eu gosto de ler e escrever. Eu estou agradecida por me darem uma oportunidade de lançar um livro. Meu livro tem pensamentos, escritas e frases que ajudaram a me confortar. Eu acho que os leitores irão se sentir confortáveis lendo.
 
P: O que normalmente você faz durante seu descanso? Você quer confortar seus leitores mas o que você faz para se confortar?
M:
Eu moro com a Hyejeong. Eu e a Hyejeong passamos muito tempo comendo coisas deliciosas, bebendo, assistindo tv e aprendendo inglês. Meu passatempo é caminhar. Eu gosto de caminhar pelas ruas usando fones então eu posso ouvir músicas. Eu gosto de assistir filmes também. Quando eu me sinto pressionada, eu sou confortada conversando com a Hyejeong ou lendo livros. Depois de falar com a Hyejeong, as preocupações parecem desaparecer. Também, ler livros tem mais poder do que eu pensava.
 
P: Como é sua relação com o AOA e as personalidades das meninas?
M:
Eu e as meninas moramos juntas por mais de 8 anos e nossa equipe é muito forte e próxima. Normalmente nós nos monitoramos assistindo o que cada uma está fazendo. Ao invés de nos preocuparmos sobre sermos integrantes de um grupo feminino por quase 6 anos, nós passamos muito tempo falando sobre o que vamos fazer daqui a 10 ou 20 anos. Estamos planejando alugar um prédio e fazer negócios em cada andar. Eu quero ter uma loja de roupas, as outras querem ter bares, cafés, restaurantes e outras coisas. Queremos fazer um prédio de negócios baseado no que sabemos fazer bem. Até lá, eu acho que ainda podemos trabalhar juntas mesmo não sendo mais cantoras. Ainda não temos dinheiro suficiente para alugar um prédio. Os preços estão bem altos esses dias, mas vamos trabalhar duro. As meninas tem diferentes charmes, por exemplo a Seolhyun tem boa concentração e aprende rápido, eu tenho inveja. Yuna é calma então você pode sentir a sinceridade dela. E a Hyejeong ao contrário de sua imagem sexy, é uma garota realmente fofa.
Eu ligava bastante para as meninas para perguntar se elas estavam assistindo o drama, e elas diziam que estavam e mandavam eu não me preocupar porque eu estava indo bem, elas até me mandavam vídeos engraçados.
 
P: Você tem planos para lançar outro livro no futuro? Como será?
M:
Eu gostaria de escrever um livro sobre minha mãe. Eu quero planejar meu próprio livro. Pode ser um romance ou auto-ajuda, ainda não decidi. Vendo a vida da minha mãe, parece que é um evento único. Eu acho que vai ser interessante se a história dela se tornar um livro. Eu quero expressar meus sentimentos sobre minha mãe.
 
P: O que você acha que é a fonte do seu sentimentalismo?
M:
Eu acho que escutar música é uma fonte. Quando eu escuto música, eu tenho mais idéias, e eu gosto de assistir filmes também. As vezes quanto eu vejo pessoas, eu as observo e imagino as preocupações da vida dessa pessoa.
 
P: Estou curioso para saber dos planos para o AOA.
M:
O comeback pode ser em Fevereiro ou Março do próximo ano. Nós respeitamos a decisão da Choa por causa da condição dela, as outras 6 meninas se apoiaram e dissemos ‘Vamos fazer bem’ já que escolhemos esse caminho. Choa unnie é nossa vocalista principal mas nós temos vocalistas como Hyejeong e Yuna unnie que estão treinando muito para preencher esse lugar. Eu não estou falando muito com a Choa ultimamente porque acho que se eu ligar ela vai se sentir pressionada na atual condição dela, mas eu ligo para ela as vezes. Tem uma maldição dos 7 anos entre os grupos femininos, mas eu e as meninas conversamos bastante sobre querer ficarmos juntas por mais de 8 anos. Por favor, nos aguarde.

 
P: O que você acha que é seu ponto forte como atriz? Como você quer que o publico te veja no futuro?
M:
Ser otimista é um importante papel. Minha força é ser capaz de atuar confortavelmente sem perder minha personalidade e também atuar sem tensão. Eu quero que o público me veja como uma pessoa com vários charmes. Como uma cantora, eu sempre me mostro fofa então recentemente em um concerto, eu decidi que queria ter uma apresentação sexy. Como uma atriz, eu quero poder tentar interpretar personagens diferentes do que interpreto usualmente, eu quero mostrar meus diferentes charmes.

 
 
via: The fact
cr: AOABR + ayochanmi

Sem Comentários 17/11/2017 Posted by: admin

 
 
P: ‘As estrelas não se perdem ao anoitecer’ foi lançado dia 1º de novembro. Qual sua primeira impressão sobre o lançamento do livro?
M:
Eu estava fazendo o manuscrito enquanto filmava ‘Hospital ship’. Eu juntei minha coragem para não perder essas duas oportunidades. Fazer as duas coisas ao mesmo tempo foi um pouco confuso e aventureiro. Mas agora que o drama acabou e eu terminei o livro, eu me sinto vazia. Eu tenho toda a afeição por isso já que é meu primeiro livro e tem o meu nome nisso.
 
P: O título ‘as estrelas não se perdem ao anoitecer’ é um bom nome. Como você decidiu esse nome?
M:
Eu amei essas palavras. Quanto mais escuro a noite, mais brilhante as estrelas são. Eu normalmente me sinto perdida e vaga no escuro e não sinto as estrelas. Nesse caso, você consegue entender o título do livro. Como uma estrela que não se perde na noite escura, se tivermos um caminho a seguir na vida, nós não iremos nos perder nos tempos mais sombrios. Talvez todos nós possamos ser estrelas que brilhem em suas próprias vidas. Como o título do livro, você irá eventualmente encontrar mensagem de conforto e então encontrar seu caminho.
 
P: Eu achei que teria mensagens no livro sobre diferentes aspectos da Kwon Mina. Eu me pergunto como essas mensagens te influenciaram.
M:
Acho que todos passamos por momentos ruins. Mesmo aqueles que tem uma boa carreira, mesmo aqueles que sorriem, mesmo aqueles que dão risadas. A felicidade não dura para sempre. No final da felicidade, sempre haverá tristeza e frustração. Sempre que momentos como esse me atingem, eu apenas deixo acontecer mas eu me sinto vazia nessas horas. Então toda vez que tenho momentos ruins, eu leio uma frase, refresco minha mente e me recomponho para atrair energias positivas.
 
P: Acho que o processo de desafiar você como uma cantora e alcançar seus sonhos em uma idade tão nova não foi fácil. Qual foi o momento que você se sentiu mais forte e a mensagem que te ajudou nesses momentos?
M:
“Se você está tendo um momento ruim agora, pense nas pedras que você encontrou no caminho enquanto você caminhava sobre elas. Espero que você tenha mais oportunidades de crescer. Você será alguém mais brilhante que o sol. E lembre-se. Você é a pessoa mais preciosa do Mundo” – Kim Soomin.
Essa mensagem está no meu livro. O processo de alcançar seu sonho é feliz mas não é sempre fácil. Tem vários momentos difíceis. É difícil lembrar os momentos mais poderosos. Recentemente, sempre que me sinto depressiva, eu me sinto acalmada com as palavras de Kim Soomin.
 
P: Eu acredito que as pessoas revelam sua vida através de palavras na sua mente. Lendo suas mensagens escritas no livro, minha impressão é que você é uma pessoa positiva e leal. Estou certo?
M:
Sim, meu objetivo é ser infinitamente positiva. Eu não quero apenas ser uma pessoa bonita por fora, também quero ser uma pessoa que é brilhante e tem confiança em si mesma.
 
P: Celebridades tem bastante coisa para fazer. Não é fácil balancear o que as pessoas veem e quem realmente você é.
M:
Eu passo a maior parte do tempo tentando descobrir quem eu realmente sou e não preocupada em balancear isso. Eu ficava preocupada sobre essa parte na minha profissão mas agora, eu acho que estou apenas sendo eu mesma e eu sinto que não há diferença entre o modo como me veem e quem realmente sou.
 
P: Você gosta de ler livros? Se tiver algum para recomendar, por favor nos diga.
M:
Eu recomendo “Palavras que quero te falar” de Kim Soomin e “A sua floresta” de Lee Aekyung”. Veja mais recomendações no meu livro!
 
P: Estou curioso sobre os hábitos de leitura da Mina.
M:
Eu leio livros e escrevo em um caderno as frases que ficam em minha mente. Eu também leio as mensagens e escrevo meus pensamentos e emoções em um diário. Então parece que quando junto as frases desses livros, isso se tornou o meu livro.
 
P: Qual o seu livro preferido?
M:
“Amor pelas coisas imperfeitas” de HaeMin e “Brida” de Paulo Coelho. Depois de ler esses livros, eu fiquei mais interessada em livros e me perguntava se eu conseguiria compartilhar minha história para alguém.
 
P: Das frases do seu livro, qual a sua preferida?
M:
“Talvez nós estamos vivendo certo mas ainda somos criticados por alguém por fazer algo e nós talvez fiquemos para baixo por causa disso” – Kim Jonghyuk.
Quando eu era trainee e mesmo depois de ter debutado, eu facilmente ficava depressiva com as críticas e por causa disso eu perdia oportunidades. Eu quero dizer para as pessoas que estão vivenciando isso agora, não deixem isso abalar vocês.

 
P: Você gosta de tirar fotos? Quando você normalmente tira fotos?
M:
Eu gosto de tirar fotos do céu e das nuvems. Eu gosto de tirar fotos tremidas então eu normalmente tiro fotos dentro do carro. Eu tirei fotos para colocar no meu livro e fiquei preocupada porque tinha bastante fotos para escolher. Mas por causa da resolução, muitas não foram incluídas. Da próxima vez eu irei usar uma camera boa e tirar muitas fotos.
 
P: Descreva a Kwon Mina como autora em uma palavra.
M:
Agora como escritora, eu me descrevo como “campo de prática”. Eu acho que as frases que eu coloquei e as que eu escrevi podem fazer as pessoas acharem um novo compromisso, esperança e otimismo. Antes de eu sonhar com algo novo, eu quero alcançar os leitores através desse campo de prática cheio de emoções da minha vida.
 
P: Se tiver algo para falar a seus leitores, sinta-se livre.
M:
Acho que ter algo em meu nome só foi possível por causa dos leitores e dos meus fãs. Eu também sou agradecida embora eu não possa agradecer a vocês o bastante, eu vou continuar a trabalhar duro para ser uma boa escritora.
 

 
 
via: Bandi and Luni
cr: AOABR + ayochanmi

Sem Comentários 15/11/2017 Posted by: admin

Todo mundo se perde na vida. “As estrelas não se perdem ao anoitecer”. É sobre uma atriz e integrante do grupo AOA que quer encontrar seu caminho, o primeiro livro da Kwon Mina. O livro inclui frases escolhidas pela escritora, que se tornaram como estrelas guias toda vez que ela se perdia no meio de sua juventude.
 
Primeiramente, ela confessou no livro: “Um dia, eu quero contar minha história não como uma cantora ou atriz, mas como a Kwon Mina normal de 25 anos”. Ela revelou verdadeiras histórias que nunca foram contadas antes, fazendo com que isso se tornasse mais significativo. Como uma jovem mulher que está atrás de seu sonho, contando sua história sem medo, mesmo ela não sendo muito boa se expressando, nesse livro ela envia mensagens apoiadoras e confortantes para as pessoas que estarão aproveitando seu livro.
 
 
P: A transformação para escritora parece nova e bem recebida. Por acaso tem alguma razão em especial que te levou a lançar o livro?
M:
Eu sempre escrevi um diário. Eu acho que foi assim que eu comecei a escrever. As vezes eu pensava “Então eu tenho esse tipo de pensamento”, eu quero mostrar para as pessoas não o que elas já sabem, mas o que ninguém espera de mim. Nesse sentido, eu acho que esse livro mostra muito do que eu realmente sou.
 
P: “Eu quero contar minha história não como uma cantora ou atriz, mas como a Kwon Mina normal de 25 anos”. Deixando de lado a imagem glamourosa de estrela, eu estou curioso em saber que tipo de pessoa é a Kwon Mina.
M:
Quando não estou no palco, eu sou apenas uma pessoa normal. Comparada com minhas colegas eu sou mais como uma criança, mas as vezes eu ajo mais madura do que as pessoas de minha idade. Eu ainda estou perdida, perambulando e ainda uma cigana, não sou tão diferente de muitos jovens. Como sou uma pessoa que gosta de ficar em casa, eu prefiro ficar em casa do que sair. Eu sinto que posso fazer bastante coisa quando eu estou sozinha.
 
P: Eu vi que as escritas e fotos no livro são trabalhos seus. Você parece gostar muito de fazer as coisas com suas mãos. Você é interessada em caligrafia e fotografia nos tempos livres?
M:
Eu gosto de tirar fotos de objetos peculiares. Eu acho que eu tirei bastante foto do céu ultimamente. Eu sempre penso que só as fotografias duram, e é por isso que eu tiro bastante fotos. Quando eu tiro fotos boas eu me sinto satisfeita e orgulhosa sem motivo algum. Mesmo quando estou falando ao telefone, eu escrevo no papel enquanto eu falo.
 
P: Sobre o tema “frases pequenas que serão como uma estrela guia na sua vida”, que tipo de frase guiou você?
M:
“Ame e trabalhe, trabalhe e ame. Isso é tudo para a vida” que é do filme ‘Um senhor estagiário’. Essa frase é simples, mas ela ficou na minha mente. Eu me pergunto várias coisas. Se trabalho e amor são tudo na vida, eu não quero perder nenhuma dessas coisas. Então sempre que estou cansada e exausta, eu uso essa frase como o meu guia.
 
P: Lendo as preocupações da Mina na sua juventude, eu consigo ter um pouco do senso dos pensamentos das pessoas. Para você, que tipo de palco é a sua vida?
M:
Ao invés de ser o tempo jovem, eu acho que jovem é quando você pensa em você mesmo com ‘juventude’. Ao invés de idade, quando você tem paixão e entusiasmo, isso não é exatamente sua juventude?
 
P: Em que momento você quer que as pessoas leiam seu livro?
M:
Ummmmm… na verdade não importa quando você leia, eu acho que é muito gentil de vocês lerem meu livro e eu sou muito grata. Se eu tivesse que escolher, eu acho que é legal ler quando você está começando a ficar preso nos seus pensamentos, ou talvez você possa ler isso devagar sempre quando tiver um tempinho livre. (Risos) Eu quero que isso seja fácil e confortável de ler.
 
P: Você disse “Eu ainda estou procurando meu destino como integrante do AOA e como atriz”. Estou curioso para saber seus planos para o futuro.
M:
Eu quero tentar diferentes gêneros no futuro. Então, eu gostaria de mostrar diferentes imagens minhas. Eu acho que esse livro pode ser o ponto inicial.
 

 
 
via: yes24
cr: AOABR + gelasticangel + aceofdong

Sem Comentários 01/11/2017 Posted by: admin


 
“Eu costumo ser um pouco teimosa. Eu quero aderir às regras que eu estabeleço. Eu sempre tento trabalhar duro em tudo que faço.”
 
P: No que você quer focar na sua vida agora?
S:
Eu quero olhar para trás, perguntar várias coisas e procurar respostas. Se eu não tentar me ver de maneria certa, eu só posso viver da maneira que os outros dizem sobre mim. Eu facilmente sou influenciada pelo que as pessoas me dizem
 
P: Isso deve ser por causa do seu trabalho como celebridade.
S:
É um trabalho onde eu não posso deixar de ouvir o que os outros falam, então eu fico um pouco mais balançada.
 
P: Por fora, você parece estar realizada e não precisa de nada mais na vida, mas você tem que aguentar preocupações sozinha. Você sente que tem algo faltando na sua vida e você gostaria de preencher?
S:
Eu preciso me amar e acreditar mais em mim. Acho que estou falhando nessa área. Para ser honesta, tem várias coisas que devo ser agradecida mas frequentemente eu convivo com coisas que eu falho e normalmente me sinto infeliz. Eu quer me aceitar e me amar mais.
 
P: Quais as palavras mais consoladoras que você já ouviu? Estou curioso
S:
Não necessariamente deve ser uma palavra. Eu ganho forças das pessoas que constantemente ficam ao meu lado e me apoiam
 

 
 


 
cr:Instyle Korea, gelasticangel e AOABR

Sem Comentários 29/08/2017 Posted by: admin


 
“Eu quero olhar para trás, perguntar várias coisas e procurar respostas. Se eu não tentar me ver de maneria certa, eu só posso viver da maneira que os outros dizem sobre mim”
 
P: O Filme “Memoir of a murderer” será lançado em breve. A dedicação ao qual o livro original foi escrito foi incrível. Mesmo eu estando ansioso por isso, suponho que isso não tenha sido fácil para o ator.
S:
Eu atuei mais em personagens melancólicos do que personagens felizes. Então eu não estava com medo de mostrar um sentimento e uma imagem melancólica para o filme. Eu tenho trabalhado em tantas áreas e o público me vê tantas vezes, então eu achei que devo ter uma imagem fixa. Em algum ponto eu olhei pra trás e pensei que eu estava fazendo uma imagem fixa para mim. Por exemplo ‘Eu tenho que usar bastante esse lapis de olho’, ‘meu rosto deve ser branco’ e ‘sempre esteja com um rosto feliz’. Tem uma imagem que eu fiz para mim, e eu consegui ver o medo de sair dessa imagem.
 
P: Acho que nunca é fácil se livrar de uma imagem.
S:
Sim, e tem vezes que isso é demais. Eu sinto que eu não quero falhar, eu continuo tentando mostrar algo perfeito e eu continuo conseguindo a mesma coisa de novo e de novo. Eu tentei filmar coisas que eu nunca tinha feito antes.
 
P: Que preparações você fez para fazer o filme?
S:
Eu fazia aulas de atuação todos os dias. Enquanto eu sempre achava difícil analisar os personagens, mas a ‘Eunhee’ agora foi especialmente difícil. Eu passei bastante tempo analisando a história e os problemas dos personagens que não estavam no roteiro.
 
P: Estou curioso para saber de alguma curiosidade durante as filmagens
S:
Era meu aniversário durante a filmagem. E de repente teve uma queda de energia quando eu ia para casa e eu fui me despedir quando a filmagem acabou. Eu fui surpreendida com um bolo. Toda a equipe do local comemorou meu aniversário, e eu fiquei bastante feliz. Acho que esse foi o aniversário mais feliz da minha vida. Eu fiquei bastante emocionada, eu fiquei um pouco aliviada. Era quase a fase final das filmagens. Além do mais, eu nunca achei que eles iriam lembrar do meu aniversário.
 

 
 


 
cr:Instyle Korea, gelasticangel e AOABR

Sem Comentários 20/08/2017 Posted by: admin
Página 1 de 1112345...10...Última »